sexta-feira, 12 de julho de 2013

SE ...





Se eu pudesse parar a minha vida
e dar a eternidade a um só momento,
- se eu não tivesse o meu destino preso
ao destino das coisas nos espaços...

Se eu pudesse destruir todas as leis
e dentro do Universo que se move
parar meu mundo,
- havia de escolher esse segundo
em que você estivesse nos meus braços!

J. G. de Araujo Jorge 

Nenhum comentário: